TRANSIÇÃO CAPILAR: APROVEITE A QUARENTENA PARA ASSUMIR OS CACHOS NATURAIS

Aprenda fazer a transição capilar em casa e conquistar cabelos fortes e saudáveis

Com o período de quarentena imposto pela pandemia de coronavírus, muitas brasileiras têm desenvolvido novos hábitos. Um deles é o cuidado com os cabelos. Com mais tempo em casa, as mulheres têm tomado coragem para mudar o visual, inclusive iniciando processos de transição capilar por conta própria. No entanto, esse procedimento é trabalhoso e exige cuidados especiais.

Para ter fios fortes, saudáveis e bonitos diariamente é importante investir em um cronograma capilar composto por tratamentos de hidratação, nutrição e reconstrução em dias intercalados. Independentemente do tipo de cabelo – ondulado, cacheado ou crespo,  esses procedimentos devem ser realizados com cremes e máscaras para cabelo e podem ser feitos em casa sem dificuldade.

Transição capilar por conta própria exige dedicação e cuidados especiais

Durante todo o processo de transição e após conquistar os fios totalmente naturais é fundamental aplicar produtos específicos para tratar o seu tipo de fio. Há uma variedade de produtos específicos para cabelos cacheados e crespos que podem ser encomendados em sites de produtos de beleza ou comprados quando tiver que ir à farmácia ou ao supermercado.

Use o pente e escova certos

Durante a transição, os fios ficam mais fragilizados, e por isso, é importante escolher um tipo de pente e de escova para desembaraçar delicadamente sem danificar. Os pentes mais indicados para os cabelos cacheados são os que possuem dentes mais largos e espaços maiores entre eles. Pentes com cerdas espaçadas são ideais para desembaraçar fios molhados, como os pentes das linhas Joy e Aquahair da Condor. O pente Aquahair é indicado para a aplicação de cremes e máscaras no cabelo ainda molhado.

Já as melhores escovas são as que possuem espaços maiores entre as cerdas e pequenas bolinhas nas pontas. Escovas raquete em formatos retangular e oval com cerdas sintéticas e pontas protetoras que massageiam o couro cabeludo como as escovas para cabelos das linhas Joy, Divas e Life Style são algumas das opções da marca.

Tenha paciência

A transição capilar é um processo demorado e que exige dedicação e paciência. Durante esse período procure se manter motivada e focada no resultado final. Busque inspiração em histórias de outras pessoas que também passaram pelo processo e aproveite o tempo em casa para pesquisar sobre produtos indicados, penteados e acessórios para usar durante a transição e para quando o cabelo estiver totalmente natural.

Evite o secador e a chapinha

Como os fios ficam fragilizados e o objetivo é deixá-los no formato natural, evite usar a chapinha e o secador. Esses aparelhos térmicos podem ajudar quando você quiser que o cabelo fique com uma textura mais uniforme. Porém, as altas temperaturas ressecam e danificam a estrutura dos fios.

Corte o cabelo

O objetivo da transição capilar é fazer com que o cabelo cresça naturalmente após períodos de procedimentos químicos. Durante o processo, o cabelo ficará com duas texturas diferentes, uma de tratamento químico e a outra de cabelo natural. Portanto, para que o cabelo cresça mais rápido é importante cortá-lo. Para quem não gosta de cortes mais curtinhos, o ideal é ir tirando as pontas até que as partes alisadas sejam eliminadas de vez. Se você tem habilidades, dá para cortar as pontas seguindo tutoriais na internet. Mas se não estiver confortável, espere a quarentena acabar para cortar os fios em um salão de beleza. No entanto, você pode e deve seguir os demais passos da transição normalmente.

Confira, a seguir o Dicionário do Cabelo Afro, produzido pela Lori Arruda do Blog FitBela, que você pode salvar no Pinterest ou celular para consultar sempre que precisar ou até mesmo compartilhar com as amigas!

Acompanhe as nossas publicações pelo site e redes sociais. Contamos com o seu apoio, compartilhe os nossos conteúdos ou contribua com a nossa campanha no Apoia.se!

Fonte: Divulgação | Imagens: Pixabay

Deixe sua resposta aqui