Sala Secreta lança single RAPPIN HOOD nas plataformas digitais

Há exatos 197 anos, no dia 7 de setembro de 1822, o Brasil declarava a sua da Independência. E para celebrar essa data tão importante para todos nós, o Sala Secreta lança oficialmente o seu novo trabalho, o single RAPPIN HOOD feat. KIN-G e R!CCO.

Disponível a partir de hoje em todas plataformas digitais, a música é uma homenagem ao emblemático cantor e compositor “Rappin Hood“. Escrita por E. Santos (K!N-G), P. R. Araújo (R!CCO.) e A. Assis (Eazy Kaos), ex-integrante que escreveu o refrão, a música contou com produção M2 Beats (Beatmaker da cidade de Pelotas/RS) e Gravação , Mixagem e Masterização de Fex Bandollero do 77 Produz Studio, principal produtor do selo.

Lançada oficialmente neste Feriado da Independência, o single já tinha sido apresentado ao público nas recentes apresentações do Sala Secreta. De beat pesado a versos contundentes, a música RAPPIN HOOD não deixa dúvidas a que veio!

Fundador do grupo Posse Mente Zulu, juntamente com seu companheiro de palco Jhonny MC, Rappin Hood lançou na década de 90 o clássico “Sou Negrão” em que homenageava várias personalidades negras brasileiras e estrangeiras, nos ensinando a pesquisar sobre a nossa história e sobre nossos ídolos. Rappin Hood também foi um dos pioneiros ao abrir seu próprio selo musical, Raízes, além de integrar o time de rappers da gravadora Trama. Lançou 2 álbuns solos Sujeito Homem parte 1 e Sujeito Homem Parte 2 e fez colaborações com os maiores nomes da música popular brasileira, como Leci Brandão que regravou com ele o clássico “Sou Negrão” com uma nova roupagem mais voltada para o samba.

Rappin Hood trás a nós em suas composições o resgate do orgulho negro e a valorização da auto estima do nosso povo, representante da região do Heliópolis como relata a linha que KIN-G canta “Não ouvi grito no Ipiranga e sim de dentro do Heliópolis, Sujeito Homem e Parteum o morro é a sua acrópole”, faz uma alusão ao Dia da Independência do Brasil onde segundo relatos Dom Pedro I as margens do Rio Ipiranga declarou independência do Brasil Colônia diante do Reino de Portugal. Nessa mesma linha KIN-G cita o nome de “Parteum” irmão mais novo de Rappin Hood que além de um dos maiores MC’s da cena underground do Rap BR é também um grande produtor musical e empresário dono de uma editora de registro de música.

Rappin Hood foi um dos responsáveis pela aparição na cena do saudoso rapper Sabotage que morreu tragicamente em meados dos anos 2000 no auge de sua carreira assassinado após deixar sua esposa no ponto de ônibus para que ela fosse ao trabalho.

O Sujeito Homem como também é conhecido nosso homenageado também trabalhou no extinto programa Manos e Minas da TV Cultura como apresentador e comandou um programa na rádio 105 FM chamado Rap Du Bom.

A música faz um trocadilho com o personagem Robbin Hood, um anti herói que roubava dos ricos para distribuir aos mais pobres. No caso da letra escrita pelos mcs R!CCO, K!NG e Eazy Kaos, a ideia é resgatar o Rap dos comédias para quem realmente milita pelo gênero por amor.

foto: divulgação

Inscreva-se no canal oficial do Sala Secreta:  https://www.youtube.com/salasecreta3stv

Siga o Sala Mas redes sociais:

Facebook: @salasecreta3s
Instagram: @salasecreta3s



Ouça, a seguir  ‘Rappin Hood’ by Sala Secreta:

Categorias:MÚSICA, NA MIDIA

3 respostas

  1. Salve ! Meu amigo Rappin Hood , mais que merecido vc nos Representa o verdadeiro Hip hop parabéns pelo título de King Zulu. Saudações coordiais Zulu. Fé em Deus e pé na tábua. Zulu King Alexandre Mauá ok

Deixe sua resposta aqui