PROGRAMA CAPACITA MÃES DE CRIANÇAS COM DEFICIÊNCIA PARA EMPREENDEREM NO SETOR GASTRONÔMICO

Programa Social “Empreenda” apoia famílias, oferecendo capacitação e incentivo para a criação e desenvolvimento de seus próprios negócios

O Programa “Empreenda” – uma parceria entre a ASID Brasil (Ação Social para Igualdade das Diferenças) e o Grupo Risotolândia (há 67 anos no mercado de refeições coletivas), pelo segundo ano consecutivo, apoia famílias de pessoas com alguma deficiência, oferecendo capacitação e incentivo para a criação e desenvolvimento de seus próprios negócios.

Em 2020 o Programa não deixou de acontecer por conta da pandemia do Covid-19 e as famílias inscritas puderam participar das aulas em formato on-line. Dezoito mães de crianças com deficiência de Araucária e Almirante Tamandaré, na RMC, acessaram as 15 aulas, uma vez por semana, pelo celular ou computador.

A principal missão do Programa é empoderar essas famílias, por meio da geração de renda e conquista de maior autonomia. Para isso, a iniciativa promove aulas de empreendedorismo (como gestão financeira e vendas), conduzidas por parceiros especialistas na área, como também de gastronomia, boas práticas na cozinha e reaproveitamento de alimentos, ministradas pela nutricionista da Risotolândia, Bruna Granemann.

Além dos cursos, as mães participantes também puderam contar com o apoio de um mentor voluntário para a execução das atividades propostas para seus respectivos negócios, colocando em prática o que foi aprendido nas aulas. E ainda tiveram a oportunidade de formar uma valiosa rede de apoio com outras mães de crianças com deficiência.

Ao fim desta edição do Empreenda, sete micro empreendimentos individuais saíram do papel. Entre eles, a Colmeia, que produz alfajores e pães de mel artesanais. A proprietária, Caroline Lozano Lima, é mãe do Arthur, que tem autismo e paralisia cerebral. Assim que o filho nasceu, a empreendedora passou a dedicar-se exclusivamente aos seus tratamentos, chegando a fechar as portas de outro negócio.

Nunca tendo trabalhado com alimentos, o aprendizado adquirido no Programa incentivou Caroline a fazer mais uma tentativa, desta vez no ramo gastronômico. “Ao longo do curso eu percebi que não sabia de muita coisa, principalmente sobre como divulgar e expandir o negócio”, conta a mais nova empreendedora.

Apesar das dificuldades enfrentadas ao longo dos meses de curso, que a fizeram perder algumas aulas ao vivo, Caroline persistiu. Hoje, junto do marido e do irmão, que ficam à frente das vendas da Colmeia, ela faz os doces com mel orgânico, comprado direto do produtor – e ainda coloca em prática os ensinamentos do Programa, divulgando seus produtos nas redes sociais e impulsionando as vendas.

A expectativa é que, no próximo ano, essas mães consigam gerir seus novos negócios de forma independente e que as vendas impactem no seu orçamento. E que, mais empoderadas, essas famílias possam se fortalecer para buscar e estimular o desenvolvimento de seus filhos.

Imagens: Divulgação

Faça parte do nosso time de apoiadores, assim nos ajudará a produzir novos conteúdos. Somos uma mídia independente que ama o que faz! Acesse nossa campanha no Apoia.se e contribua conosco! Se preferir fazer uma doação espontânea: Sala Secreta 3S – Banco do Brasil (001) | agência: 6966-3 | conta corrente: 21.127-3 | CNPJ: 36.126.051/0001-01.

Nossos parceiros e apoiadores terão descontos especiais em todos os produtos da 3SG Store e também em nossos serviços! Entre em contato conosco para mais informações.

Deixe sua resposta aqui