DIA DOS PAIS: PATERNIDADE ATIVA

Quando um homem e uma mulher se casam e tem filhos, logo existe uma tendência natural de divisão de tarefas imposta pela sociedade, mesmo que inconscientemente, a mulher começa a cuidar da autonomia do bebê, ou seja, ensina a vestir, a tomar banho, a ir ao banheiro, etc. Já o homem começa a se colocar no papel de provedor, de ajudante em apenas algumas situações e de herói que aponta o mundo, que abre as portas da rua para a criança.

Cada vez mais distante nos atuais arranjos familiares, a exclusividade das mulheres no cuidado dos filhos, tem evidenciado o inevitável despertar para o exercício da paternidade ativa, na qual homens e mulheres precisam exercer ativamente seus papeis enquanto pais e profissionais.

Estes novos pais, denominados ativos pelo Guia da Paternidade Ativa, lançado pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) no Chile, desempenham a paternidade não só enquanto provedores e sim, participando diariamente e ativamente de todo o cuidado, educação e relacionamento com seus filhos.

Para a especialista em desenvolvimento humano e diretora do Centro Hoffman Heloísa Capelas, muitos pais vêm evoluindo e derrubando alguns paradigmas machistas que os impede de assumir responsabilidade perante os filhos, de ser mais presentes em casa e mais parceiros.

No entanto, ela defende que a mudança na cabeça de quem é pai precisa ser mais profunda, ir além. Pensar em ajudar em casa, em auxiliar nas tarefas, ainda é ficar no meio do caminho, ou simplesmente em cima do muro. Ela explica que Paternidade Ativa é dividir, compartilhar e não apenas ajudar.” Quem diz que está “ajudando”, não está consciente de que o papel do pai é participar ativamente de todos os momentos dos filhos”, finaliza.

The first day of class Free Vector

Como ser um bom pai ativo no cuidado do filho e filha, segundo o Guia da Paternidade Ativa do Unicef:

Ter uma relação afetuosa e incondicional com seu filho.
Manter uma relação que vá além do provimento financeiro.
Participar dos cuidados diários e da criação do seu filho, dando comida, ajudando-o a se vestir, colocando-o para dormir e ensinando-o.
Promover um vínculo carinhoso, de apego mútuo e de proximidade emocional com seu filho.
Compartilhar com a mãe as tarefas de cuidados com o filho e com a casa.
Estar envolvido em todos os momentos do desenvolvimento do seu filho: gravidez, nascimento, primeira infância, infância e adolescência.
Incentivar o desenvolvimento de seu filho: lendo histórias, cantando e/ou colocando música, apoiando-o em trabalhos de casa e brincando com ele.

Fonte: Guía de Paternidad Activa Para Padres, publicado pelo Unicef Chile | Imagem: divulgação




Acompanhe as nossas publicações no site e redes sociais. Contamos com o seu apoio, compartilhe os nossos conteúdos ou contribua conosco para continuarmos gerando conteúdos para vocês no Apoia.se! Caso  não possa nos  apoiar mensalmente, você pode contribuir com qualquer valor efetuando um depósito para o Sala Secreta 3S no Banco do Brasil  | Agência: 6966-3  | Conta Corrente: 21.127-3 | CNPJ: 36.126.051/0001-01  Nosso Muito Obrigado, equipe Sala Secreta!
Para mais informações, envie  email para: 
imprensa@salasecreta3s.com

Deixe sua resposta aqui