BK’, MATUÊ E OROCHI: TRÊS ÁLBUNS QUE VOCÊ PRECISA OUVIR #FICADICA


Eles acabaram de lançar seus álbuns e já estão entre os mais ouvidos do gênero com recordes, ascensão e protagonismo, os rappers marcam seus territórios na cena musical


Há cerca de três semanas, o rapper carioca Orochi lançou seu álbum de estréia, intitulado “Celebridade” e com a faixa “Balão” como a música de trabalho, aos 21 anos o jovem artista já tem alguns anos de carreira, pois iniciou sua carreira nas batalhas de improviso no Rio de Janeiro, chegando a conquistar o Campeonato Nacional de Freestyle em 2015, com apenas 16 anos.

Orochi participou também dos projetos audiovisuais mais populares do rap, o “Poetas no Topo”, em 2017, e “Poesia Acústica”, em 2018. Um fato negativo ocorreu em 2019, quando ele estava indo para um show e foi abordado no caminho por policiais que o conduziram para a delegacia por desacato. Isso, deu ao rapper mais popularidade em âmbito nacional e o inspirou a escrever a música “Balão” que faz parte de seu disco.

Mesmo antes de lançar seu primeiro álbum, Orochi já tinha com ele uma legião de fãs e admiradores, cerca de 3,5 milhões de seguidores no Instagram e mais de 3 milhões de ouvintes mensais no Spotify, segundo matéria do Portal G1.

Orochi – “Celebridade” / Divulgação

Com certeza você já ouviu falar de Matuê, trapper cearense que emplacou vários singles como “Anos Luz”, “Kenny G”, “De Alta”, “A morte do autotune” e “De Peça em Peça”. Mesmo antes de lançar um álbum oficial Matuê já fazia sucesso com os singles que lançava e colaborações com outros artistas.

Matuê lançou seu primeiro álbum em 10 de setembro e teve a melhor semana de lançamento despontando Anitta e Lady Gaga no Spotify com 23,7 milhões de audições em apenas uma semana, emplacando nada menos que sete faixas das quinze do seu álbum entre as mais ouvidas da plataforma, segundo o Portal G1 publicou.

O jovem Matheus Brasileiro Aguiar de 26 anos, com o lançamento do álbum  “Máquina do tempo” grava de vez seu nome como um dos expoentes do Trap, subgênero do Rap, muito popular nos Estados Unidos e que tem ganhado força aqui no Brasil como evolução musical para o Rap Brazuca.

Matuê – “Máquina do tempo” / Divulgação

BK’ por sua vez está lançando seu terceiro álbum, “O líder em Movimento”, que trás dez faixas muito bem produzidas e com uma lírica bem articulada de Abebe Bikila, nome civil do rapper que estreou em 2016 com o álbum “Castelos & Ruínas” e Depois em 2018 lançou “Gigantes”.

O discurso de BK’ nas três obras que lançou até hoje mostra sua preocupação com a formação e inspiração do povo negro. As músicas vêm recheadas de palavras de autoestima, valorização e empoderamento com forte crítica social e luta contra o racismo, preconceito e a desigualdade.

O produtor musical e DJ JXNV$ foi quem ficou com a responsabilidade da direção musical do álbum, assinando oito das dez faixas do disco, sendo que as faixas “Poder” e “Universo” ficaram a cargo da dupla Deekapz e Nansy Silvz, de acordo com o Portal G1.

BK’ – “O líder em Movimento” / Divulgação

Faça parte do nosso time de apoiadores, assim nos ajudará a produzir novos conteúdos. Somos uma mídia independente que ama o que faz! Acesse nossa campanha no Apoia.se e contribua conosco! Se preferir fazer uma doação espontânea, nossa conta é: Sala Secreta 3S – Banco do Brasil (001) | agência: 6966-3 | conta corrente: 21.127-3 | CNPJ: 36.126.051/0001-01.

Nossos parceiros e apoiadores terão descontos especiais em todos os produtos da 3SG Store e também em nossos serviços! Entre em contato conosco para maiores informações.

Categorias:HIP HOP, MÚSICA

Marcado como:, , , , ,

Deixe sua resposta aqui