KODAK BLACK ACUSA GUARDAS DE AGRESSÃO FÍSICA E PSICOLÓGICA NA PRISÃO

Condenado a 4 anos de prisão, o rapper Kodak Black processa o presídio que cumpre pena e diz que os agentes de segurança estão torturando ele na cadeia

Kodak Black – Foto: Reprodução / The Hype Stuff

Condenado a cumprir 4 anos de prisão por porte de arma, Kodak foi transferido recentemente para uma prisão de segurança máxima em Kentucky.

De acordo com a TMZ, o rapper entrou com um processo contra o presídio “Federal Bureau of Prisions” e o seu diretor “Big Sandy” por maus tratos e tortura.

Segundo relatos de Kodak, ele têm sofrido perseguição desde que chegou ao presídio a 1 ano atrás, quando foi recepcionado sendo espancado pelos guardas da prisão.

A perseguição ao rapper dentro do sistema carcerário incluía humilhações, como por exemplo o deixarem por mais de seis horas usando uma camisa de força, proibindo ele de usar o banheiro, forçando o rapper a urinar e defecar em si mesmo, enquanto debochavam dele.

Juntamente com seu corpo jurídico Kodak pede transferência para uma prisão de segurança mínima e também o pagamento dos honorários advocatícios gastos com o processo.

Categorias:HIP HOP, MÚSICA

Marcado como:,

Deixe sua resposta aqui