#ELEICÕES 2020: MOTIVOS PARA VOTAR EM MULHERES

Campanha #ElasNoPoder lista sete motivos pela qual devemos votar em mulheres nestas eleições

No Brasil, o voto feminino é muito recente, sendo válido apenas em 1932. Isso, sem dúvidas, reflete em uma política majoritariamente masculina. Agora, com as eleições municipais de 2020 chegando, é a hora de mudar isso.

Por isso, antes de votar, considere 7 motivos listados pela Campanha #ElasNoPoder pelo qual seu candidato deve ser uma candidata:

Mulheres são mais eficientes

“Há evidências de que governos com maior representação feminina são mais imparciais, mais eficientes e menos corruptos ”, afirma a pesquisadora do JRC Eleni Papadimitriou. O relatório europeu Regional Gender Equality Monitor indica que o vínculo entre a qualidade da governança e as conquistas femininas é forte. Regiões com alta qualidade de governo têm mais mulheres no poder.

Mulheres sabem colaborar

Pesquisas mostram que mulheres constroem coalizões e chegam ao consenso mais rapidamente dentro da política porque interrompem menos, ouvem mais, prestam atenção a pistas não-verbais, tendem a ser menos partidárias e usam estilos de liderança democráticos em vez dos estilos autocráticos, preferidos por muitos homens.

As mulheres são mais propensas que os homens a assumirem tarefas de comissão que reflitam os interesses e demandas das pessoas. Apresentam mais projetos de lei e são mais inclinadas a votar espelhando as necessidades de seus constituintes.

Sua saúde é mais segura quando está na mão de mulheres

As descobertas, publicadas recentemente na revista SSM – Population Health, apoiam o argumento de que o aumento do número de mulheres em cargos de poder promove saúde e o bem-estar da população.

As mulheres na política são mais propensas a adotarem atitudes empáticas em relação a questões sociais. Elas, em grande maioria, promovem substancialmente os direitos das mulheres em áreas como violência contra as mulheres, saúde e política familiar.

Países liderados por mulheres lidaram melhor com a pandemia

Pesquisas já mostraram que países liderados por mulheres tiveram melhores resultados no enfrentamento à pandemia da Covid-19.

Em seu artigo, Avivah Wittenberg-Cox Forbes considerou as mulheres “exemplos de verdadeira liderança” e completou dizendo que as líderes se colocaram à frente e mostram ao mundo caminhos possíveis para a humanidade.

Mulheres combatem a corrupção

Publicado no “Journal of Economic Behavior & Organization” pelos pesquisadores Chandan Jha e Sudipta Sarangi, estudo mostrou que, em uma análise de 125 países, incluindo o Brasil, a corrupção tem índices menores nos países em que há participação feminina nos governos.

O estudo também mostra que esse combate à corrupção começa na formulação de políticas públicas, pois mulheres dão preferência à “políticas que melhoram coisas como a provisão de bens públicos, saúde, educação e bem-estar infantil”.

Diversidade

É preciso aumentar ainda mais o número de mulheres na política, porque as experiências femininas precisam ser levadas em consideração na formulação de políticas públicas.

A especialista em diversidade, Sheryl Axelrod, nos diz que “A razão pela qual a diversidade funciona é que em quase todas as medidas, equipes de trabalho com maior diversidade racial, étnica e cultural funcionam com mais eficácia do que equipes mais homogêneas. Membros de origens, experiências e perspectivas diversas evitam o “pensamento de rebanho”, enquanto equipes não diversificadas ficam atoladas nisso ”.

Mulheres são exemplos para o amanhã.

Para que mais mulheres concorram a cargos públicos, elas precisam de exemplos. De acordo com um estudo do Girl Scout Research Institute, “37% das meninas querem se tornar políticas, mas precisam de mentores”. Então, não é que as meninas NÃO QUEREM concorrer a cargos públicos, é que apenas 32% acreditam que a sociedade incentiva as mulheres a serem políticas e 74% acreditam que se elas fossem para a política, teriam que trabalhar mais do que um homem a ser levado a sério.
Com nosso voto podemos dar às meninas alguns modelos de papéis políticos femininos para admirar.

Campanha #ElasNoPoder incentiva voto em mulheres para uma política mais igualitária| Divulgação

Para mais informações sobre a campanha multiplicadora da #VEMVoteEmMulheres, com a participação da ONG #ElasNoPoder, Vote Nelas, Vamos Juntas, Engajamundo e mais 40 organizações, acesse o Website

Fonte Divulgação| Imagem: Freepik

Deixe sua resposta aqui