DIA MUNDIAL DA ARTE: MOVIMENTO #ResiliArt DA UNESCO CONECTA ARTISTAS E CRIATIVOS EM MEIO A PANDEMIA

Lançado para celebrar a data, movimento global conecta e apoia artistas em todo mundo, durante e após a crise do COVID-19

A cada ano, em 15 de abril, as celebrações do Dia Mundial da Arte ajudam a reforçar o enlace entre a criação artística e a sociedade. Aprovada em 2019, durante 40ª Sessão da Conferência Geral da UNESCO, a data tem o objetivo de promover o desenvolvimento, difusão e a consciência artística em todo o mundo.

Enquanto bilhões de pessoas em todo o mundo se voltam para a cultura como fonte de conforto e conexão, o impacto da crise da saúde provocada pelo  COVID-19 não poupou o setor cultural. Artistas de todo o mundo, a maioria dos quais já trabalhava meio período, de maneira informal ou sob contratos precários antes da pandemia, estão lutando para sobreviver. Hoje, estamos enfrentando uma emergência cultural. Instituições e instalações culturais, incluindo museus, teatros e cinemas, estão perdendo milhões em receita a cada dia, e muitos tiveram que deixar de lado sua equipe.

Na semana passada, a UNESCO lançou uma campanha global de mídia social, #CompartilheNossoPatrimônio, para promover o acesso à cultura e à educação em torno do patrimônio cultural durante este período de confinamento em massa, dentre elas uma exposição online de dezenas de propriedades patrimoniais em todo o mundo, com o suporte técnico do Google Arts & Culture. “A UNESCO está comprometida em liderar uma discussão global sobre a melhor forma de apoiar artistas e instituições culturais durante a pandemia da COVID-19 e além, e garantir que todos possam permanecer em contato com o patrimônio e a cultura que os conectam à sua humanidade”, disse Audrey Azoulay, diretora-geral da UNESCO.

Movimento global #ResiliArt

Desenvolvido pela UNESCO, em parceria com a CISAC, o #ResiliArt lança luz sobre o estado atual das indústrias criativas em meio à crise, por meio de uma discussão global exclusiva com os principais profissionais da indústria, enquanto captura experiências e vozes de resiliência de artistas – estabelecidos e emergentes – nas mídias sociais. Juntos, aumenta a conscientização sobre a ampla ramificação do COVID-19 em todo o setor e visa apoiar os artistas durante e após a crise.

O debate inaugural acontece nesta quarta-feira (15/04), Dia Mundial da Arte, , pela diretora geral da UNESCO, Audrey AZOULAY e diversos artistas e figuras públicas do cenário cultural.

Os profissionais da indústria cultural são incentivados a participar do movimento e replicar a série ResiliArt em suas respectivas regiões e o foco temático, seguindo as diretrizes publicamente disponíveis.

Para mais informações, acesse: bit.ly/unescoeu29

Acompanhe as nossas publicações pelo site e redes sociais. Contamos com o seu apoio, compartilhe os nossos conteúdos ou contribua com a nossa campanha no Apoia.se!

Fonte: Divulgação | Imagens: pixabay/ divulgação

Deixe sua resposta aqui