CLUBE DOS 27: FATALIDADE, DESTINO OU COINCIDÊNCIA?

Existe uma crença de que um número elevado de artistas notáveis morrem aos 27 anos de idade de causas incomuns e trágicas. Conheçam os 7 artistas mais relevantes que se foram dessa forma.

Grafite do Clube dos 27 pintado em Tel Aviv (Israel) em 09/2014 pelo artista israelense Jonathan Kis-Lev em parceria com Itai Froumin e Kozhokin Roman, a obra possui 3m de altura e 7m de largura – Foto: Reprodução / Commons

O que todos esses grandes artistas têm em comum?

Em sua esmagadora maioria esses artistas iniciaram suas carreiras nem cedo, são talentosíssimos, atingiram um sucesso estrondoso de forma meteórica, porém, com tudo isso também vieram os percalços de uma vida desregrada com vários problemas pessoais, depressão, consumo excessivo de drogas e álcool, dando um fim em suas vidas de forma rápida e trágica.

1. Brian Jones

Brian Jones, fundador da banda Rolling Stones morreu em 03 de julho de 1969, encontrado afogado na piscina de sua casa, em Cotchford Farm, em Sussex. Durante seu período nos Rolling Stones ele manteve uma criatividade que gerou o Rolling Stones Rock’n Roll Circus, entre outros. Costumava usar roupas extravagantes, além de um estilo de vida baseado no “sexo, drogas e rock’n roll”. Mas, foi o abuso de drogas que culminou em sua saída da banda 1 mês antes de sua morte.

Brian Jones – Foto: Reprodução / Wikipédia

2. Jimi Hendrix

Jimi Hendrix,  foi um guitarrista, compositor e produtor norte americano, considerado um dos maiores guitarristas de todos os tempos, faleceu em 18 de setembro de 1970 no apartamento de sua namorada asfixiado pelo seu próprio vômito, após ingestão excessiva de vinho e pílulas para dormir, na mesma noite segundo amigos relataram que ele e sua namorada, uma artista plástica alemã, haviam discutido em uma festa e ido embora. Encontrado pela namorada desacordado pela manhã já com vômitos sobre o corpo, socorrido chegou ao hospital já sem vida.

Jimi Hendrix – Foto: Reprodução / Wikipédia

3. Janis Joplin

Janis Joplin, considerada a Rainha do Rock and Roll mas com reconhecimento de músicos e críticos do Blues e do Jazz, teve uma carreira curta, porém meteórica. Ganhou visibilidade no fim dos anos 60 como vocalista principal da banda Big Brother and Holding Company e depois seguiu carreira solo acompanhada pelas bandas, The Kosmic Blues Band e Full Tilt Boggie Band, Janis morreu de overdose de heroína misturado com álcool em 04 de outubro de 1970.

Janis Joplin – Foto: Reprodução / Wikipédia

4. Jim Morrison

Vocalista da banda The Doors, Jim Morrinson era um músico talentosíssimo e super criativo, compôs a maior parte do repertório da mas em 03 de julho de 1971, em Paris – França foi acometido por uma insuficiência cardiovascular devido ao uso de drogas e álcool, levando a sua morte.

Jim Morrison – Foto: Reprodução / Wikipédia

5. Jean-Michel Basquiat

Basquiat foi um artista norte americano, que inicialmente ficou conhecido pelo seu trabalho com grafite, mas expandiu sua arte também para a pintura neo expressionista,  primitivismo, música e também como ator. Morreu em 1988 em seu estúdio de overdose com uma droga conhecida como “speedball“, um coquetel de drogas que continha cocaína e heroína em sua mistura.

Jean-Michel Basquiat – Foto: Reprodução / Shotebys

6. Kurt Cobain

Em 05 de abril de 1994, Kurt Cobain vocalista da banda Nirvana foi encontrado morto em sua casa com um tiro na cabeça, causa da morte segundo especialistas foi suicídio com arma de fogo. Dentre suas principais composições, o single Smells Like Teen Spirit, do segundo álbum do Nirvana, “Nevermind“, foi o responsável pelo início do sucesso do grupo e do próprio Kurt, popularizando um subgênero do rock alternativo que a imprensa passou a chamar de grunge.

Kurt Cobain – Foto: Reprodução / Vogue

7. Amy Whinehouse

Amy, surgiu para o cenário musical em 2003, com o lançamento de seu primeiro álbum, mas foi com seu segundo trabalho que ganhou destaque na cena, o álbum “Back to Black” lhe rendeu notoriedade, projeção artística e reconhecimento, porém, sua vida pessoal acabou ofuscando sua carreira, como seu relacionamento com Blake Fielder-Civil, o seu abuso de substâncias psicoativas e a constante perda de peso tornaram-se assuntos recorrentes. Ficou de 2008 a 2011, longe dos holofotes quando neste ano tentou uma volta aos palcos frustrada, assim após uma recaída foi encontrada morta em sua casa por ingestão excessiva de álcool, no dia 23 de julho daquele ano.

Amy Winehouse – Foto: Reprodução / Facebook

Ouça a playlist de músicas que preparamos especialmente para vocês do Clube dos 27, confira!

Deixe sua resposta aqui