#A.C.AL.M.E.S.E: CONTROLANDO A ANSIEDADE E O ESTRESSE

Confira algumas atitudes que podem ser mantidas diariamente, garantindo mais qualidade de vida e bem-estar

Nessas últimas semanas, estamos sendo bombardeados com diversas informações sobre como a pandemia tem impactado o mundo e isso coloca uma carga muito grande de estresse no nosso corpo que pode trazer consequências ao funcionamento do nosso organismo e enfraquece-lo.

Segundo Rosely Cordon, professora pesquisadora do projeto Mapas de Evidências Clínica das Práticas Integrativas em Saúde BIREME/OPAS/OMS, realizar ações direcionadas a si mesmo pode regular o funcionamento integrado e o bem-estar.  “É importante respeitar o momento de cada um e as limitações, aceitando cada escolha, sem pressão para inserir as dicas de autocuidado na rotina diária. Minha sugestão é a de aceitar as emoções sem julgar: se tiver que chorar, chore e se tiver que rir, ria. É importante ter em mente que você deve ser sua prioridade sempre. É como o respirador de um avião: primeiro você coloca no seu rosto para depois ajudar o outro”, explica.

Confira a seguir, algumas atitudes que podem ser mantidas diariamente com o objetivo de garantir mais qualidade de vida e bem-estar na rotina, não só da quarentena, mas por toda a vida, para que se torne um hábito:

1-) Celular e TV devem ser evitados próximo a hora de dormir: a luz de equipamentos eletrônicos prejudica a reprodução do hormônio responsável pelo sono, a melatonina, provocando a diminuição do estado de alerta no dia seguinte. “Dormir bem é um dos aspectos mais importantes para a manutenção da saúde. É um hábito associado não só à prevenção de doenças, mas também a melhoras no humor e no bem-estar mental”, afirma Rosely Cordon.

2-) Exercícios físicos diários: praticar todos os dias traz bem-estar mental e ajuda a tratar a ansiedade, já que atividades físicas ajudam a produzir serotonina, o hormônio do bem-estar. “A prática também diminui o risco de doenças no coração, pressão alta, osteosporose, diabetes e obesidade”, explica a especialista.

3-) Bons hábitos de higiene pessoal:  a higiene pessoal é todo cuidado corporal. Ela não se refere só a tomar banho e escovar os dentes e trocar de escova regularmente principalmente depois daquela gripezinha para evitar o mau hálito e outras doenças bucais, cuidar do corpo e de sua limpeza, mas também de zelar pela saúde integral, que inicia pelo corpo, passando pela mente, emoções e a espiritualidade dentro do ambiente q se está no momento.

4-) Organização da casa: uma casa arrumada, limpa e organizada traz uma série de benefícios para toda a família. “Além do bem-estar físico e mental, também relaxa e ajuda a saúde, melhora o visual do ambiente, dá disposição, favorece a criatividade, otimiza o tempo, oferece praticidade ao dia a dia, renova o estado de espírito, economiza dinheiro, melhora a saúde integral, reduz a ansiedade, baixa os níveis de estresse, promove integração e mantém o equilíbrio”, explica a professora.

5-) Cozinhar uma refeição nutritiva: a atividade contribui para boa saúde e integração da família. Cozinhar a própria refeição pode certamente ajudar a evitar várias doenças crônicas, já que permite maior controle dos ingredientes que estão sendo usados e, assim, uma alimentação mais equilibrada em termos dos ingredientes nutricionais.

6-) Aguçar e viajar pelos 5 sentidos: aproveite para identificar cada um deles, estimular as sensações, desenvolver o autoconhecimento, reconhecer e identificar os diferentes sons, cheiros, sabores, texturas e imagens. “O objetivo é o de compreender as sensações que são despertadas e reconhecer os diferentes sentimentos que podemos ter”, ensina a pesquisadora.

7-) Faça um escalda-pés: é um método perfeito para relaxar, principalmente com uma música que goste, servirá a você como uma musicoterapia. Pode ser feito com uma mistura de água morna, sal grosso e óleo aromático de camomila ou alecrim.

😎 Meditar, rezar ou relaxar: pratique o que faz bem para você. A ideia é a de promover um relaxamento, um momento de desconexão com os problemas, preocupações e até das mídias. “Para isso, basta deitar, ou sentar, e fazer alguns exercícios de respiração, uma oração ou escutar uma música e se desligar da tomada”, sugere Rosely Cordon.

9-) Conversar e rir com os amigos: use e abuse dos aplicativos de encontros, já que temos que manter apenas o distanciamento físico. Diversos estudos têm demonstrado que contar com bons amigos melhora a nossa saúde, tanto física quanto mental. “A amizade ajuda a reduzir o estresse, contribui para melhorar a saúde, o coração se fortalece e traz para a nossa vida uma dose extra de ternura, que é o melhor antídoto contra a amargura”, explica a especialista.

10-) Contemplar a natureza e ter contato com o sol: beneficia a saúde física e mental, mesmo que for a plantinha da sua varanda ou no parapeito da janela do apartamento. Já a vitamina D é importante para a saúde mental, e ela só pode ser produzida pelo organismo quando há contato com o sol.

11-) Ler um livro: há muitos benefícios em perder-se em um bom livro. O hábito reduz o estresse, melhora o sono, a conectividade do cérebro, amplia o conhecimento geral, expande o vocabulário, melhora do foco e concentração, mantém a mente jovem e ativa evitando doenças e combate a depressão.

12-) Desengavete projetos: E sabe aquele projeto de escrever um blog (antigo diário), um livro, montar um site, terminar seu TCC ou a revisão de artigos para sua tese de mestrado ou doutorado, ou ainda qualquer outra ideia que vem te seguindo faz tempo? Agora é a hora!! Vá em frente!

Autocuidado aliado ao conhecimento

Desenvolvida pelo professor de terapia cognitiva comportamental Bernard Rangé, a Técnica A.C.AL.M.E.S.E tem sido indicada por diversos psicólogos e terapeutas no controle da ansiedade. A estratégia, consiste em 8 passos identificados por cada uma das letras da palavra, conforme divulgação do @pilulasdecalma:

Neste vídeo, o especialista em desenvolvimento pessoal e comportamental, Wendell Carvalho traz uma compreensão sobre o tema, destacando os desafios em controlar a ansiedade e o stress


Acompanhe as nossas publicações pelo site e redes sociais. Contamos com o seu apoio, compartilhe os nossos conteúdos ou contribua com a nossa campanha no Apoia.se!

Deixe sua resposta aqui